Anny


Sobre ela: Anny, 8 anos, Inglesa, adora dançar, cuidar do jardim, jogar xadrez, estar junto das pessoas queridas e sonhar.

Na história: Anny vê seu mundo desmoronar ao receber a notícia de que não poderá mais viver com os pais e terá que se mudar de casa levando pouco mais que seu tabuleiro de xadrez. Ao lado de anjos que são colocados em sua jornada, a doce menina aprende a enfrentar as dificuldades sem sair dos canteiros de seu pequeno jardim. E, claro, através do tabuleiro, que é o eterno elo entre Anny e seus amados pais, ela passa a viajar para o Reino Xadrez e a receber conselhos do Sábio Bispo. Tudo era branco e preto naquela terra, da qual ela era rainha, se não fosse por uma borboleta azul...


Trechos com a personagem:

"O Reino Xadrez estava com tons mais vibrantes que nunca, embora tudo continuasse branco e preto, como no tabuleiro de Anny. A menina, com seu lindo vestido também quadriculado e seu laço de fita, andava contente, sorrindo para todos os súditos de cristal. Quando se aproximou do bonito castelo, que um dia estivera em ruínas, viu passar por ele um pontinho azul-celeste, maravilhoso, que voava com leveza"

"Anny aproximou-se. Seu coração estava acelerado e cheio de dúvidas. Ela tocou a bonita flor que nascera no jardim, e pôde sentir uma quente brisa penetrar seu corpo, como se um anjo a abraçasse. Então, como num passe de mágica, lembrou-se de tudo..."

"Era uma chuva fina, reconfortante; uma chuva para limpar a alma. Representava alento, recomeço. Era como se o céu chorasse junto com Anny, mas de uma forma suave... Sobre o castelo se abriu uma fresta de luz entre as nuvens. Era o sol, abrindo caminho para seus raios em meio à chuva. Tudo era exatamente como no interior de Anny"

"Ela sabia que na existência de qualquer pessoa há espinhos e flores pelo caminho. No entanto, ela escolheu ver somente as flores, sem importar-se com os espinhos. Aí residia toda a diferença do mundo"